Chuvas castigam municípios do litoral sul paulista

Cidades mais atingidas foram Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe; situação foi agravada pela maré cheia

Paulo Maciel, Central de Notícias

26 Fevereiro 2009 | 01h45

As fortes chuvas que atingiram o litoral sul de São Paulo entre a tarde de terça-feira e a noite de quarta-feira, 25, inundaram vários municípios da região. Os mais atingidos foram a cidade de Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe, que tiveram alagamentos de um metro de profundidade. A situação foi agravada com a maré cheia que dificultou o escoamento da água. Em Peruíbe há cerca de 150 desabrigados alojados em três núcleos da defesa civil. Os bairros em pior situação são Guilhermina, Caraguava, Jardim Romar, Ribamar e Barra do Una, onde 150 pessoas chegaram a ficar isoladas devido à queda de uma ponte. A defesa civil do município, porém, já conseguiu resgatá-las. Três botes e sete caminhões estão sendo utilizados no socorro às vítimas. Em Mongaguá dez famílias ficaram desabrigadas, totalizando 35 pessoas. Os bairros mais prejudicados foram Vila Atlântica, Jardim Praia Grande, Itaoca e Agenor de Campos. Das 35 pessoas desabrigadas, 20 preferiram ficar acomodadas em casas de amigos ou parentes e outras 15 foram encaminhadas para o Ginásio de Esporte Agenor de Campos e estão sendo atendidas pela prefeitura. Em Itanhaém, os bairros mais atingidos foram Umuarama, Cabuçu, Oásis e São Fernando. Foram preparados 30 colchonetes para abrigar as famílias atingidas na Escola Municipal do Guapiranga. Porém a defesa civil ainda não sabe informar o número de desabrigados. Não há registro de feridos nos três municípios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.