Chuva transborda rios em Sorocaba e inunda mais de 50 casas

Nenhuma família ficou desabrigada por conta das enchentes; choveu quase a metade do esperado para o mês

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

26 Janeiro 2009 | 15h42

As chuvas que caíram entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira, 26, causaram a queda de árvores e o transbordamento de rios em Sorocaba. Pelo menos 50 casas e estabelecimentos comerciais foram inundados. Carros, ônibus e até uma ambulância foram atingidos pelas enchentes.   O Rio Sorocaba transbordou e cobriu trechos da avenida D. Aguirre. A água entrou em residências e lojas do bairro Vergueiro. Na Avenida Barão de Tatuí, o córrego Água Vermelha invadiu estabelecimentos comerciais. Na zona norte, muitas casas continuavam alagadas nesta manhã. De acordo com a Defesa Civil municipal, apenas durante uma hora choveu mais de 60 milímetros, quase a metade da chuva prevista para o mês. Durante o temporal, dezenas de ruas, tomadas pelas águas, ficaram intransitáveis. O trânsito ficou caótico.   No Jardim Guadalupe, as famílias foram obrigados a abandonar as casas em razão da cheia do córrego que corta o bairro. Algumas moradias ficaram apenas com o telhado fora da água. O Ribeirão Itanguá saiu do leito, inundou casas e arrancou a cabeceira de uma ponte no bairro Itanguá II. Terra e lama entraram nos barracos da parte baixa do Jardim Nova Esperança. Muitas casas foram inundadas também no Jardim Itapemirim.   No Parque São Bento, duas árvores caíram. Parte da ciclovia do Jardim Maria do Carmo foi arrancada pelas águas. A prefeitura atendeu a 47 famílias que tiveram casas inundadas, mas ninguém ficou desabrigado.

Mais conteúdo sobre:
chuvas em SP vítimas das chuvas Sorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.