Chuva provoca estragos em São José dos Campos

Em apenas um dia choveu a metade do que era esperado para todo o mês de janeiro

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

03 de janeiro de 2008 | 12h13

Uma verdadeira tempestade caiu nesta quarta-feira, 2, em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. De acordo com a Defesa Civil Municipal, o temporal durou pelo menos uma hora e meia, entre 17h30 e 19 horas. Para mensurar as proporções de tal fenômeno, durante esse espaço de tempo, caíram 93,2 milímetros de chuva, quase a metade do que era esperado para todo o mês de janeiro. A enxurrada acabou resultando na queda de 33 árvores, sendo duas em cima de veículos e outras quatro sobre residências. Outros dois arbustos provocaram danos na rede de energia elétrica. Além disso, houve dois desmoronamentos de casas, um deles na Vila Cristina, na periferia da cidade, e outro na Vila Santa Cruz, região central de São José dos Campos.  Também foram registradas três quedas de muros, três destelhamentos de moradias e um poste atingiu uma residência. Pelo menos 15 casas ficaram alagadas. Não foi informada a existência de vítimas nem de desabrigados. Acidente  Depois da chuva, um grave acidente foi verificado em São José dos Campos, onde três carros acabaram caindo no Córrego do Vidoca, que fica na Avenida Jorge Zarur, entre os bairros de Vila São Bento e Jardim Satélite, zona sul da cidade. De acordo com o Departamento de Trânsito da cidade, um Fiat Stilo acabou provocando o acidente ao fazer uma conversão proibida. Inicialmente, ele bateu num Volkswagen Gol, que se precipitou no córrego. Em seguida, colidiu contra outro Volkswagen Gol, que também acabou caindo na água. Duas pessoas ficaram feridas e foram atendidas no Pronto Socorro Municipal.

Tudo o que sabemos sobre:
ChuvasSão José dos Campos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.