Chuva perde intensidade e São Paulo deixa estado de atenção

Cidade ficou em alerta por duas horas e ainda pode registrar precipitação na madrugada

estadão.com.br,

18 de janeiro de 2012 | 17h20

O texto foi atualizado às 22h11.

SÃO PAULO - Toda a cidade de São Paulo deixou o estado de atenção na noite desta quarta-feira, 18, após a chuva que atingia as localidades perder intensidade. A zonas leste e sudeste da capital entraram em atenção às 17h05. Vinte minutos depois, o decreto foi ampliado para a região central. O centro e a zona leste saíram de atenção às 18h45, enquanto que a zona sudeste permaneceu em atenção até às 19h15.

As instabilidades ainda atingiram a zona oeste, na região de Butantã e Pinheiros, a na zona sul, entre os bairros de Santo Amaro, Jabaquara e Cidade Ademar, e na zona norte, entre Casa verde, Santana e Vila Maria.

As chuvas diminuíram na e, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), ainda existe chuva leve e chuviscos em toda a cidade, e pancadas moderadas nos municípios de Osasco, Carapicuíba, Cotia e Taboão da Serra. Na região do ABC, a precipitação é fraca. As próximas horas seguem com condição para chuvas fracas, que se estendem até o período da madrugada.

O tempo segue instável nos próximos dias, devido à permanência da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) sobre o Estado. Dessa forma persistem as condições de nebulosidade e chuvas, alternadas com períodos de melhoria ao longo do dia. Os termômetros devem variar entre mínimas de 18ºC e máximas de 27ºC. As chuvas de maior intensidade continuam concentradas no período das tardes, o que mantém elevado o potencial para alagamentos e deslizamentos de terra na Grande São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaatençãoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.