Chuva perde intensidade e regiões de São Paulo deixam estado de atenção

Na Grande São Paulo, ainda chove forte em Mogi das Cruzes e Guararema

Estadão.com.br, atualizado às 17h06

02 Março 2012 | 15h04

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo saiu do estado de atenção às 16h20 desta sexta-feira, 2, após uma forte chuva atingir parte da capital. As zonas leste, sudeste, e a Marginal do Tietê entraram em atenção às 14h45. Às 15h05, o decreto foi ampliado para o centro e a Marginal do Pinheiros.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, as instabilidades que atingiram a capital na última hora perderam força. De acordo com imagens de radar, resta apenas nebulosidade e chuviscos na maioria das regiões. Na Grande São Paulo, ainda chove forte em Mogi das Cruzes e Guararema.

Imagens de radar apontam que, por volta das 15h, a chuva atingia principalmente os bairros da Vila Maria e Vila Guilherme, na zona norte, Vila Mariana e Ipiranga, no sudeste, e Penha e São Miguel Paulista, na zona leste. Por causa da precipitação, a cidade chegou a registrar 10 pontos de alagamento.

Previsão. O sistema frontal desloca-se fraco pelo oceano, mas mesmo assim muda um pouco o tempo na Grande São Paulo neste fim de semana, amenizando o calor dos últimos dias e provocando chuvas na forma de pancadas. As temperaturas variam entre mínimas de 19ºC e máximas de 28ºC. O sábado, 3, segue com maior cobertura de nuvens e pancadas de chuva que devem se concentrar no período da tarde. No domingo, 4, o sol volta a predominar, apenas com chuvas rápidas e isoladas no final do dia.

Mais conteúdo sobre:
chuvatrânsitoatençãoCGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.