Daiane Esgarbi
Daiane Esgarbi

Chuva paralisa trem e coloca metade de SP em estado de atenção

Ribeirão dos Meninos, na divisa entre São Caetano do Sul e Santo André, transbordou; Prefeitura recebeu informes de chuva de granizo na Vila Matilde, Vila Maria, Consolação e no Ipiranga

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

25 Fevereiro 2015 | 16h08

SÃO PAULO - Por causa das tempestades que atingem a capital paulista na tarde desta quarta-feira, 25, as zonas oeste, centro, leste, norte e parte da zona sul estão em estado de atenção para alagamentos. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura registrou, às 15h45, quatro pontos de alagamento: um na Praça da Bandeira, no centro, perto da Avenida 23 de Maio, outro na Avenida Nazaré, no Ipiranga, zona sul. Na zona leste, os alagamentos, intransitáveis, são na Rua Ibitirama e na Rua Capitão Pacheco Chaves, ambas na Vila Prudente. 

As chuvas provocaram o transbordamento do Ribeirão dos Meninos, na divisa entre São Caetano do Sul e Santo André, no ABC. Por isso, a Linha 10-Turquesa da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM) está paralisada entre as Estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e São Caetano do Sul. 

A Prefeitura recebeu informes de chuva de granizo na Vila Matilde, zona leste, e Vila Maria, zona sul, na Consolação, no centro, e no Ipiranga, zona sul. Ainda de acordo com o CGE, as rajadas de vendo chegaram a 48,2 km/h no Aeroporto de Congonhas. 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.