Chuva obriga trens do Metrô a reduzir velocidade em SP

Trechos da linha férrea que ficam a céu aberto ficam suscetíveis a falhas nas linhas vermelha, verde e azul

Ricardo Valota, estadao.com.br

11 Dezembro 2008 | 07h31

Em razão da chuva que cai na manhã desta quinta, 11, na capital paulista, em alguns trechos da linha férrea que ficam a céu aberto, a circulação de trens, por medida de segurança, sofre alteração com redução em cerca de 20% na velocidade das composições. Isso ocorre no trecho leste da linha vermelha (Itaquera/Barra Funda); no trecho norte da linha azul (Jabaquara/Tucuruvi); no trecho entre as estações Chácara Klabin e Alto do Ipiranga, na linha verde, e em toda linha lilás (Capão Redondo/Largo Treze). Como conseqüência normal, o acúmulo de passageiros é maior nas plataformas das estações localizadas nestes trechos.

Mais conteúdo sobre:
chuvalentidãometrôSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.