Chuva não impede queda do nível do Sistema Cantareira

Apesar de precipitações na noite de sexta-feira, represas contam com menos água neste sábado

O Estado de S. Paulo

01 de novembro de 2014 | 11h48

SÃO PAULO - O nível de água do Sistema Cantareira diminuiu neste sábado, 1.º. Isso, apesar da chuva que caiu sobre a região sexta-feira, 31, à noite.

De acordo com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o índice do reservatório chegava a 12,2% da capacidade total no sábado, ante 12,4% na sexta-feira de manhã. Esses dados já levam em conta o acréscimo do chamado volume morto.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que a cidade de São Paulo teve o mês de outubro menos chuvoso desde 1985. As estatísticas dizem respeito à estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte, onde o acumulado de chuva chegou a 25,2 milímetros, "bem abaixo da média histórica que é de 128,2 mm".

Nos últimos 71 anos, ainda conforme o Inmet, a capital paulista só teve um mês de outubro menos chuvoso do que o último. Ele foi registrado no ano de 1985, quando houve um acumulado de 15,2 mm.

A previsão do instituto é de o sistema de alta pressão atmosférica, que bloqueou frentes frias e outras instabilidades nas últimas semanas, impedindo a chuva, deve perder força. Com isso, a estimativa é de que "a atmosfera retorne à normalidade".

No fim de semana, há previsão de pancadas de chuva à tarde e à noite, tanto no sábado quanto no domingo, 2, na capital paulista. Segundo a Climatempo, a temperatura máxima deve alcançar 28 graus Celsius no sábado e 30 no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.