Chuva mata criança e 4 adultos em Minas

Em São José do Rio Preto, no interior paulista, um homem de 56 anos morreu depois de ser [br]arrastado pela enxurrada

Marcelo Portela, O Estado de S.Paulo

29 Dezembro 2010 | 00h00

Os temporais já deixaram cinco mortos em Minas, segundo a Defesa Civil. As últimas duas mortes ocorreram anteontem em Juiz de Fora e Cataguases, na Zona da Mata. Uma das vítimas foi Fabrício Fernandes Rocha do Amaral, de 4 anos.

A casa da família do garoto, no bairro Marilândia, em Juiz de Fora, foi atingida por um deslizamento de terra. Segundo o Corpo de Bombeiros, outras duas casas também foram destruídas pelo entulho. Fabrício ainda foi levado para a Santa Casa do município, mas não resistiu. Os pais dele, Thiago Rocha do Amaral, de 25, e Josiane da Costa Fernandes, de 24, ficaram feridos. Outras duas pessoas foram resgatadas pelos bombeiros e mais cinco por vizinhos.

Já em Cataguases, uma encosta não resistiu à água e desabou sobre uma casa no bairro Leonardo, às 20 h de anteontem. De acordo com a Defesa Civil, três pessoas estavam na casa. Duas foram socorridas pouco depois.

As buscas continuaram durante a noite. De madrugada, os bombeiros encontraram o corpo de Marisângela Alves da Silva, de 31 anos. Além da Zona da Mata, a chuva também castigou a região metropolitana de Belo Horizonte. Um dos municípios mais atingidos foi Matozinhos.

São Paulo. Em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, um homem de 56 anos morreu anteontem após ser arrastado pela enxurrada. Ele teria tentado atravessar uma ponte encoberta por um rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.