Chuva forte volta a causar estragos no litoral sul de São Paulo

Em Santos, parte do telhado de Centro de Convenções foi arrancado e as telhas ficaram espalhadas por ruas próximas

Luiz Alexandre de Souza Ventura, Especial para O Estado, O Estado de S. Paulo

29 Dezembro 2014 | 18h00

(Atualizado às 23h09) SANTOS - A chuva forte voltou a causar estragos em Santos nesta segunda-feira, 29. O temporal, acompanhado por raios e ventos fortes, começou por volta de 13h e durou aproximadamente 50 minutos. No bairro do Gonzaga, parte do telhado do Centro de Convenções do Parque Balneário Hotel foi arrancada e as telhas ficaram espalhadas por ruas próximas, provocando a interdição da Rua Fernão Dias, local de entrada e saída do estacionamento. Alguns pedaços acabaram pendurados na fiação da rede elétrica e, por pouco, não atingiram as vitrines de lojas de rua em frente ao Shopping Parque Balneário. Anteriormente, a informação era de que o telhado era do shopping. O fornecimento de energia foi interrompido na região. Não há informações sobre feridos.


Algumas árvores foram derrubadas na orla da praia de Santos. Há registro de barracas que foram carregadas pelo vento e muitos banhistas, surpreendidos pela virada brusca no tempo, tiveram de correr para procurar abrigo. No morros também houve problemas. Várias áreas estão em estado de atenção desde o temporal da semana passada. O caso mais preocupante, segundo a Defesa Civil, está no Morro da Nova Cintra. No noroeste da cidade há vários pontos de alagamento.


Na esquina das avenidas Conselheiros Nébias e Dr. Epitácio Pessoa, no Embaré, a força do vento assustou moradores, entre os quais, muitos idosos. Pessoas que transitavam pelo local, repleto de lojas e restaurantes, precisaram buscar abrigos sob marquises. O vendaval também causou problemas aos vendedores ambulantes da região. Muitas barracas balançaram com as rajadas, mercadorias voaram e houve prejuízos.

Mais conteúdo sobre:
ChuvatemporalSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.