Chuva forte no litoral paulista mata adolescente em Ubatuba

Temporal que caiu na região deixou 33 famílias sem casa na cidade, que continua em estado de alerta

Simone Menocchi, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2008 | 19h36

A forte chuva que castigou Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, causou a morte de um adolescente de 15 anos na segunda-feira. Nilson Nascimento dos Santos era morador do bairro Sesmaria e foi arrastado pela enxurrada quando tentava arrumar um cano de escoamento de água da sua casa. Os bombeiros resgataram o corpo na mesma noite e o enterro foi realizado nesta terça-feira, 18, no cemitério municipal.   Veja também: Chuva leva Defesa Civil a decretar estado de atenção em Santos Temporais atingem 13 Estados e o DF, alerta Defesa Civil   A cidade é a mais prejudicada da região desde domingo por causa da chuva intensa e a Defesa Civil mantém o estado de alerta. Um grupo de 33 famílias continua alojada no ginásio municipal de esportes, na região central. "Nas últimas 24 horas o índice pluviométrico foi de 105,6 milímetros, sendo que já havia chovido 78,6 milímetros de domingo para segunda-feira. A precipitação é muito intensa, já que a média semanal é de 14,6 milímetros", comentou o coordenador da Defesa Civil, Pedro Marciano Leite.   Em Caraguatatuba, as 80 pessoas que estavam em casas de parentes já voltaram para suas casas, bem como outras dez pessoas que estavam alojadas no Centro Comunitário. "Estamos apreensivos porque a previsão ainda é de mais chuvas na região", disse a presidente da Defesa Civil do município, Claudia Ruiz.   A ligação entre as duas cidades pela rodovia Rio-Santos (BR-101) também já estava liberado para o tráfego depois da interdição total de segunda-feira por causa de alagamento da pista. Segundo o comando da Polícia Rodoviária Estadual do litoral norte, também não ocorreram novas quedas de barreiras na rodovia dos Tamoios, principal ligação com o Vale do Paraíba e capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.