TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Chuva forte deixa motorista ilhado na zona sul de São Paulo

Córrego Ipiranga transbordou; zona norte da capital paulista também registrou tempestades intensas nesta sexta-feira

O Estado de S. Paulo

06 Fevereiro 2015 | 18h59

SÃO PAULO - A chuva forte que caiu na capital nesta sexta-feira, 6, causou ao menos 16 pontos de alagamento na capital, deixou um motorista ilhado na Avenida Ricardo Jafet, na zona sul, e provocou lentidão em três linhas do metrô - azul, verde e vermelha - nos trechos a céu aberto. No Ipiranga, na zona sul, o Córrego Ipiranga transbordou. 

No meio da tarde, todas as regiões da cidade ficaram em estado de atenção para enchentes, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE). O alerta foi encerrado às 17 horas.

Às 16 horas, um motorista ficou ilhado dentro de seu caro na Av. Dr Ricardo Jafet, no Ipiranga, na zona sul. Duas viaturas do Corpo de Bombeiros foram enviadas, mas o motorista já havia saído do local. 

A chuva forte caiu na zona norte, entre Perus, Pirituba, Jaraguá, Freguesia do Ó e Brasilândia. Também choveu de forma moderada na zona oeste, entre Lapa, Butantã e Pinheiros. Já Na zona leste e região central, as chuvas alternaram-se entre fraca e de moderada intensidade.

Próximos dias. As condições para chuvas mais fortes e duradouras diminuem sensivelmente até o fim de semana, segundo o CGE, porque a área de baixa pressão atmosférica sobre o Oceano Atlântico começa a afastar-se da costa do sudeste.

As temperaturas devem subir a partir do sábado, com pancadas no final das tardes. 

No sábado, o sol aparece entre nuvens, o que favorece a elevação das temperaturas no decorrer do dia. Os termômetros devem registrar mínima de 18ºC e máxima de 28ºC. Os índices de umidade relativa do ar ainda permanecem elevados e devem variar entre 48% e 90%. As chuvas na forma de pancadas devem se concentrar entre o final da tarde e à noite, com potencial para a formação de alagamentos.

No domingo deve haver sol entre poucas nuvens. O dia amanhece com termômetros em torno dos 20ºC e a máxima atinge 30ºC durante a tarde. Os porcentuais de umidade relativa do ar devem oscilar entre 36% e 88%. Entre o final da tarde e início da noite, as pancadas de chuva voltam a atingir a capital de forma rápida e isolada, com baixo potencial para a formação de alagamentos.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.