Chuva forte da tarde causa reflexos na capital ainda durante a madrugada

Várias regiões de São Paulo ficaram em estado de atenção entre as 17h e18h30

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

08 de fevereiro de 2012 | 00h56

SÃO PAULO - A forte chuva que atingiu a capital paulista no final da tarde de terça-feira, 7, causava à 1 hora desta madrugada de quinta-feira, 8, ainda vários reflexos na cidade.

 

O total de semáforos apagados ou no amarelo piscante chegava a 64. Pelo menos 25 pontos da cidade registravam falta de energia. Em relação a queda de árvores, chegava a 22 o número de ocorrências ainda não encerradas. Entre as 17h e 18h30, ficaram em estado de atenção, em razão da chuva, as regiões norte, oeste, sudeste, o centro e as marginais do Pinheiros e do Tietê.

 

Os maiores índices pluviométricos registrados às 18h30 foram na região da Vila Mariana, zona sul, com 32,1 mm; na região do córrego Cabuçu de Baixo, no sudoeste da capital, com 29,4 mm; e no trecho da Marginal do Tietê no bairro do Limão, zona norte com 28,8 mm.

 

A madrugada desta quarta-feira, 8, começou com chuva fraca na zona norte. A temperatura média na cidade era de 24ºC, com tendência de queda para até os 20ºC. Nas próximas horas a previsão é de chuvas fracas e o tempo nublado em toda a capital.

 

Amanhã, 9, o sol aparece entre nuvens pela manhã e as temperaturas já não sobem tanto quanto nos últimos dias. A máxima fica próxima dos 30ºC, mas a sensação ainda será de tempo abafado.

Mais conteúdo sobre:
ChuvatemporalenchenteCGECET

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.