Chuva forte causa transtornos na capital paulista e Grande ABC

Na madrugada desta quinta-feira, 28 pontos de alagamentos foram registrados, alguns intransitáveis

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

15 Dezembro 2011 | 07h51

São Paulo, 15 - A forte chuva que castigou a capital paulista durante toda a madrugada desta quinta-feira, 15, provocou a formação de 28 pontos de alagamentos, alguns deles intransitáveis.

 

Com o fim da intensidade da chuva, às 7h30, apenas 12 trechos alagados ainda estavam ativos. Deste total, apenas dois eram intransitáveis na região do Ipiranga, zona sul, um na Rua Dom Lucas Obs e outra na Rua 2 de Julho. Entre os pontos de alagamentos transitáveis, alguns estavam na Marginal do Pinheiros, Avenida do Estado e Celso Garcia.

 

Por conta das chuvas, duas árvores caíram na via, sem deixar feridos. Na Avenida Antônio Buono, a árvore ocupa totalmente a pista sentido bairro, na região de Sapopemba. Para complicar ainda mais o trânsito, 22 semáforos estão apagados ou embandeirados.

 

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 7h45 a cidade registrava 45 kms de ruas e avenidas congestionadas e ainda estava dentro da média registrada para o período. As zonas sul e leste registram as piores marcas, com 14 kms de trânsito carregado cada uma.

 

Durante as chuvas, as principais regiões atingidas foram as zonas sul e leste de São Paulo e o Grande ABC. Além do transbordamento do Rio Tamanduateí, os córregos Ribeirão dos Meninos, em São Caetano do Sul, e dos Couros, em São Bernardo do Campo, transbordaram, causando o bloqueio do tráfego no limite entre São Caetano do Sul e a capital paulista.

 

Previsão - Hoje, o sol aparece entre nuvens em São Paulo, mas ainda ocorrem pancadas de chuva que devem se concentrar no período da tarde. Os termômetros variam entre mínimas de 18ºC e máximas de 28ºC. Amanhã, a frente fria se afasta do litoral paulista e o sol volta a predominar, situação que favorece a elevação das temperaturas, com máximas que podem superar os 29ºC.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.