Reprodução
Reprodução

Chuva forte atinge todas as regiões de São Paulo nesta sexta-feira

Tempo não deve mudar muito nos próximos dias, com sol entre nuvens e pancadas isoladas à tarde

Marina Azaredo, O Estado de S. Paulo

07 Março 2014 | 16h52

SÃO PAULO - A chuva que se deslocou do interior atinge diversos pontos da cidade de São Paulo. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a precipitação é forte em praticamente toda a zona oeste. Também chove forte em parte da zona norte, principalmente entre os bairros de Pirituba, Jaraguá, Perus, Casa Verde e Freguesia do Ó, e na zona leste, entre Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Itaquera. Na região central, assim como na zona sul, entre Campo Limpo, Santo Amaro e M'Boi Mirim, há registro de chuva moderada a forte.

Às 18h10, a cidade já registrava 21 pontos de alagamento, sendo 13 intransitáveis (dois pontos na Avenida Edgar Facó, Rua Turiassu, Avenida Marquês de São Vicente, Avenida Antártica, Avenida Francisco Matarazzo, Rua Venâncio Aires, Praça Malvin Jones, Rua Bresser, três pontos na Avenida Alcântara Machado e Rua Dr. Luiz Ayres). Às 18h, São Paulo tinha 137 quilômetros de lentidão.

A funcionária de um hotel da Lapa Ana Frabetti contou que a região em que trabalha, na altura do número 2.140 da Clélia, ficou alagada durante cerca de meia hora, logo que a chuva começou. "No cruzamento da Clélia com a Jeroaquara, não passava carro, ônibus, nada. Um Chevette tentou passar e nem sei o que aconteceu com ele", relatou ela, que observou a situação do nono andar do prédio do em que trabalha. "Moro na zona leste. Vou ter que esperar a situação melhorar para voltar para casa", completou. Ela sairia do trabalho às 18h.

O publicitário Allan Auriemi saiu de casa, no Parque dos Príncipes, para buscar a mulher no Itaim, mas teve de fazer um desvio quando não conseguiu entrar na USP, por volta das 17h30. "Costumo ir por dentro, mas a raia olímpica da USP estava alagada. Tive de continuar pela Marginal Pinheiros e acabei tendo sorte, pois cheguei em 15 minutos na ponte Cidade Jardim. Mas já vi que a Marginal está toda parada no sentido contrário", relatou. Com medo do trânsito e da chuva, ele e a mulher decidiram "dar um tempo" no shopping JK Iguatemi antes de voltar para casa. "Agora vamos jantar e ir ao cinema, para esperar a situação melhorar." 

A linha 8 - Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ficou parcialmente paralisada também em decorrência das chuvas. Os trilhos entre a Barra Funda e a Lapa inundaram, impedindo a circulação de trens no trecho entre as 16h55 e as 17h20.

O tempo não deve mudar muito nos próximos dias, que seguem com sol entre nuvens e chuvas na forma de pancadas isoladas no período da tarde. O sábado, 8, deve ter sol entre muitas nuvens. Os termômetros devem variar entre 19ºC e 26ºC. No final da tarde, a nebulosidade aumenta e podem ocorrer pancadas isoladas.

No domingo, 9, o sol aparece entre nuvens ao longo do dia e os termômetros devem variar entre 19ºC e 28ºC. No decorrer da tarde, a nebulosidade aumenta e retornam as condições para chuvas na Grande São Paulo.

 

 

Mais conteúdo sobre:
chuvas São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.