Chuva faz reservatórios de água subirem em SP

Chuva faz reservatórios de água subirem em SP

Crescimento foi verificado neste domingo em todos os sistemas de abastecimento da Grande São Paulo; região ainda vive crise hídrica

O Estado de S. Paulo

08 de março de 2015 | 11h27

SÃO PAULO - Todos os grandes mananciais que abastecem a Grande São Paulo registraram alta em seus níveis de água neste domingo, 8, na comparação com o sábado, 7. É o que mostram dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

No caso do Sistema Cantareira, que fornece água para mais de 6 milhões de pessoas, subiu de 11,9% para 12,3%. No período, houve registro de 25,7 milímetros, o que corresponde a 14,4% do total de chuva prevista para o mês sobre o manancial.

Já o nível de água no reservatório Alto Tietê cresceu 0,3 ponto percentual, alcançando a marca de 19,1% da capacidade total. A quantidade de chuva entre o sábado e domingo no local foi de 25,6 mm.

A reserva hídrica acumulada no Sistema Guarapiranga passou, de um dia para o outro, de 64,2% para 67,7%. Esse manancial foi o que recebeu mais chuva entre os dois dias, 39,6 mm, e agora tem 65,6% dos 153,2 mm previstos para todo o mês de março.

Por sua vez, o Alto Cotia subiu 0,9 ponto percentual, elevando-se para 44,8% de sua capacidade. Os Sistemas Rio Grande e Rio Claro subiram, respectivamente, de 86,6% para 87,7% e de 38,8% para 38,9%.

É preciso lembrar que apesar da elevação da reserva de todos esses mananciais, a Região Metropolitana de São Paulo ainda enfrenta uma grave crise hídrica, com restrições de fornecimento de água em vários bairros e cidades. Historicamente, as chuvas nessa área diminuem muito a partir de abril e, com isso, a reserva dos sistemas pode parar de subir nos próximos meses, levando a um provável agravamento do abastecimento de água.

A recomendação para todos o consumidores de água é um uso racional e, sempre que possível, em quantidades menores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.