Chuva faz motorista antecipar volta para a capital

Mais da metade dos 307 mil veículos que desceram para o litoral sul paulista já havia retornado até ontem

FELIPE FRAZÃO, O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2011 | 03h03

Os dias chuvosos e nublados do feriado prolongado e a previsão de mais temporais para hoje fizeram os paulistanos que viajaram para o litoral ou interior antecipar a volta para a capital. No Sistema Anchieta-Imigrantes, principal ligação entre São Paulo e a Baixada Santista, mais da metade dos 312 mil veículos que desceram para a praia desde sexta-feira já havia retornado até as 19 horas de ontem. Segundo a Ecovias, concessionária que administra as duas rodovias, 209 mil carros tinham subido a serra.

O excesso de veículos e o mau tempo fizeram as estradas registrar lentidão no sentido capital no trecho de serra. A subida de ônibus e caminhões foi desviada para a Anchieta. Por causa da neblina, no sentido litoral, a Ecovias montou a Operação Comboio, em que carros descem a 40 km/h agrupados e liderados por viaturas da concessionária e da Polícia Rodoviária.

Mesmo com a volta antecipada de ontem, a Ecovias manteve a previsão de tráfego intenso para hoje, a partir das 10 horas. Faltam retornar 103 mil carros.

A Autoban CCR, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, divulgou nota dizendo que o movimento até ontem estava abaixo da expectativa para o feriado - dos 830 mil veículos esperados, apenas 626 mil haviam circulado pelas duas estradas entre a meia-noite de sexta-feira e as 17 horas de ontem.

No período, a Autoban registrou 87 acidentes rodoviários no Sistema Anhanguera-Bandeirantes, com 47 feridos. Nenhuma vítima morreu.

Por enquanto, as estatísticas mostram redução no número de acidentes em relação ao feriado do ano passado: foram 104, com 55 feridos e nenhuma morte.

Caminhões. Como precaução aos congestionamentos em direção à capital, a concessionária manterá hoje a Operação Caminhão, entre 14h e 22h. Todos os caminhões que trafegarem com destino à capital pela Bandeirantes deverão mudar para a Anhanguera entre o km 48 e o km 23, entre Jundiaí e São Paulo. Segundo a Autoban, o objetivo é melhorar a distribuição dos automóveis que circulam pelas duas estradas.

A Nova Dutra, concessionária que administra a Rodovia Presidente Dutra, espera o maior fluxo de veículos para o período das 16h às 20h de hoje, com passagem de 7,2 mil veículos por hora.

Nas Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, a concessionária ViaOeste estimou em 630 mil o número de veículos circulando nas rodovias. O pico de tráfego da volta deve ser registrado a partir das 15h de hoje. Entre as 14h e a 1 hora de amanhã, o trânsito de caminhões ficará proibido no sentido capital da Castelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.