Chuva faz 316 mil pessoas abandonarem suas casas no País

A Defesa Civil anunciou nesta quinta-feira, 14, que os temporais já afetaram 1.223.085 pessoas em 13 Estados

Central de Notícias,

14 Maio 2009 | 22h29

Subiu de 303 mil para 316 mil o número de pessoas obrigadas a abandonar suas casas em razão das recentes chuvas. Mais de 108 mil estão acomodadas em abrigos públicos e o restante, em residências de parentes e amigos. A Secretaria Nacional de Defesa Civil anunciou, nesta quinta-feira, 14, que os temporais já afetaram 1.223.085 moradores dos Estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e Sergipe. Quarenta pessoas perderam a vida em desastres decorrentes das chuvas.

 

Cidade de Alenguer, interior do Pará, inundada pela chuva. Foto: David Alves/Ag. Pará

 

Veja também:

Especial: mapa mostra Estados atingidos pelas chuvas

 

Somente o Ceará contabilizou 12 mortes. O Maranhão e a Bahia registram, respectivamente, 9 e 7. As demais ocorreram em Alagoas (6), Paraíba (2), Sergipe (2), Pernambuco (1) e Santa Catarina (1). Segundo a secretaria, a Defesa Civil maranhense reavaliou as notificações de óbitos e informou que não houve mortes relacionadas às enchentes. O Maranhão apresenta o maior número de cidades atingidas: 87. No Estado, onde 236.065 habitantes foram afetados pelas inundações, há 55.260 desalojados e 36.325 desabrigados. O Ceará teve 283.200 moradores de 78 municípios prejudicados pelos temporais. Na Bahia, as enchentes levaram 7.624 pessoas a deixarem sua casas. Estado da região Norte com o maior número de cidades atingidas, 46, o Amazonas acumula 44.096 desalojados e 9.136 desabrigados.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Norte Nordeste enchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.