Chuva em SP deve se repetir à tarde, com mais força nas zonas norte e oeste

Pancadas causaram alagamentos e 245 km de congestionamento pela manhã, segundo maior índice do ano

Felipe Tau, O Estado de S. Paulo

12 de novembro de 2012 | 13h43

SÃO PAULO - As chuvas que complicaram a vida do paulistano durante a manhã desta segunda-feira, 12, causando alagamentos e o segundo maior congestionamento do ano, devem se repetir a partir da tarde até a madrugada, com maior intensidade nas zonas norte e oeste, de acordo com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A cidade está em estado de atenção para enchentes desde as 7h05, e o alerta se concentrava às 13h27 nas regiões norte, leste e oeste.

Por volta das 10h, São Paulo registrou 245 quilômetros de lentidão, 41 semáforos apagados e 50 em amarelo intermitente. O trânsito só ficou atrás dos 249 quilômetros registrados no mesmo horário no dia 23 de maio, quando houve greve dos metroviários. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a capital teve 44 pontos de alagamento até as 13h25, sendo que 17, incluindo um intransitável, permaneciam ativos no horário. 

De acordo com o meteorologista Marcelo Schneider, do Inmet, as pancadas de chuva são normais para o período e acontecem por causa da passagem de uma frente fria vinda do oceano, que encontra o ar quente no interior do Estado. "Isso fez com que tivéssemos maior precipitação na zona sul pela manhã", explica. Essa instabilidade, segundo ele, caminha agora para o norte. "Com o resfriamento do ar, os ventos mudam de direção e a instabilidade parte para a região norte da cidade e do Estado".

A cidade registrou 22 milímetros de chuva nesta segunda-feira até as 12h, segundo medição feita no Mirante de Santana pelo Inmet. O índice é metade do verificado no mês até hoje, cerca de 44 milímetros, mas o acumulado ainda está longe da média histórica para novembro: 140,1 milímetros. A expectativa, de acordo com Schneider, é que as chuvas se intensifiquem dentro de duas ou três semanas.

Nesta terça-feira, elas devem ser fracas, apenas chuviscos. O tempo continua encoberto e a temperatura cai, com mínima de 16 ºC e máxima de 20 ºC. A previsão para esta segunda é de mínima de 19ºC e máxima de 27ºC.

Grande São Paulo
Em cidades da Região Metropolitana, como Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Suzano, Mauá, São Caetano do Sul, Diadema e São Bernardo do Campo, as chuvas são leves nesta segunda-feira, segundo do CGE.

Mais conteúdo sobre:
chuvasão pauloprevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.