Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Chuva em São Paulo causa enchentes e quedas de árvores

Houve registro de granizo na zona sul; CGE contabilizava 8 pontos de alagamentos na cidade

Júlia Marques, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2019 | 19h49

SÃO PAULO - Parte da capital paulista entrou em estado de atenção para alagamentos na tarde desta quinta-feira, 17. O temporal provocou a queda de árvores e enchentes. Pelo menos oito pontos de alagamentos eram registrados na capital no início da noite. 

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, as zonas norte, leste, oeste, algumas áreas da zona sul, o centro e as Marginais do Pinheiros e do Tietê entraram em estado de atenção para alagamentos na tarde desta quinta. Houve queda de granizo no Jardim São Luís, na zona sul. 

Oito pontos de enchentes foram registrados pelo CGE - quatro deles intransitáveis: na Praça da Bandeira e na Rua Manoel Dutra, no centro; e nas ruas Barão do Bananal e na Henrique Schaumann, na zona oeste. Os pontos transitáveis ficam na Marginal do Tietê, na zona norte; na Vital Brasil e na Praça Pascoal Martins, na zona oeste; e na Avenida das Nações Unidas, na zona sul. 

Até as 19h30, o Corpo de Bombeiros havia registrado 45 relatos relacionados a quedas de árvores na capital e na Grande São Paulo. Também foram acionados para socorrer o motorista de um carro que estava sendo arrastado pela enxurrada Rua Cardeal Arcoverde, na zona oeste, mas, quando as viaturas chegaram ao local, a situação já estava controlada, sem vítimas.

Previsão

Para esta sexta-feira, 18, a temperatura máxima prevista é de 31°C e à tarde podem ocorrer novos temporais. No sábado, 19, as condições do tempo se mantêm, com máxima prevista de 32°. O calorão só deve começar a dar trégua em São Paulo no domingo, 20. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.