Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

Chuva diminui e São Paulo sai do estado de atenção

Não há mais possibilidade de temporais, segundo CGE; dos 23 pontos de alagamento, 18 continuam ativos

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

26 de outubro de 2009 | 20h56

A chuva diminuiu em toda a capital paulista e o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE) suspendeu os estados de atenção e alerta em todas as regiões da cidade às 20h20 desta segunda-feira, 26. Segundo o CGE, não há mais possibilidade de temporais pelo menos até a madrugada de terça-feira, 27. Porém, o céu deve ficar com muitas nuvens, com ocorrência de garoa e chuva leve isolada.

 

Veja também:

linkChuvas interditam Dutra e Régis Bittencourt perto de SP

blog BLOG: acompanhe a situação do trânsito na cidade

 

Dos 23 pontos de alagamento registrados durante o temporal, 18 continuavam ativos. Ao menos dois deles eram intransitáveis. Segundo o CGE, os motoristas estavam impedidos de trafegar nos dois sentidos da Rua Ricardo Cavaton, na altura do número 309; e pela Avenida Doutor Custodio de Lima, sentido único, próximo à Avenida São Miguel.

 

Às 20 horas, a capital acumulava 108 quilômetros de engarrafamento, por conta da chuva, dos alagamentos e do excesso de veículos. O índice representa 12,9% dos 835 quilômetros monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego.

 

Ainda de acordo com o CGE, até as 19 horas, a precipitação média na capital foi de 33,6 milímetros, o equivalente a 27% da média climatológica para a cidade no mês de outubro, que é de 124mm. O acumulado de chuva na capital nos últimos 12 dias é de 145,7mm, 17,5% a mais que a média histórica, de 124mm.

Tudo o que sabemos sobre:
SPchuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.