Chuva diminui e São Paulo sai do estado de atenção

Dos seis pontos de alagamentos registrados, apenas um continuava ativo e era transitável

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

03 Março 2009 | 16h53

A chuva diminuiu e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo suspendeu às 15h45 desta terça-feira, 3, os estados de atenção para as zonas sul, oeste e a região da Marginal do Pinheiros.   Veja também: São Paulo tem a madrugada mais quente do ano  Forte calor faz Secretaria da Educação recomendar aulas leves  Risco de enfarte sobe 11% no calor e outras doenças aumentam  Capital pode ter chuva, mas dia será muito quente  Confira a previsão para o País e da sua cidade    Segundo o CGE, pelo menos seis pontos de alagamento foram registrados em toda a cidade, um deles intransitável. Destes, apenas um continuava ativo por volta das 16h45, na Avenida João Dias, na altura do Viaduto João Dias, sentido centro.   O temporal foi provocado por áreas de instabilidade geradas pelo calor e a presença de uma frente fria de fraca intensidade. Nas próximas horas, novas áreas de chuva devem atingir as demais regiões da cidade.   Confira os pontos de alagamento:   Intransitáveis - Av. Maria Coelho Aguiar, na altura da Pça. Alceu Amoroso Lima, no sentido bairro (inativo)   Transitáveis - Av. Prof. Francisco Morato, na altura da Rua Ibiapaba, no sentido bairro (inativo) - Av. Ricardo Jafet, na altura da Rua Vergueiro, no sentido bairro (inativo) - Av. João Dias, na altura do Viaduto João Dias, no sentido centro (ativo) - Ponte João Dias, na altura do Viaduto João Dias, no sentido centro (inativo) - Viaduto João Dias, na altura do Viaduto Sônia Maria Moraes Angel Jones, no sentido centro. (inativo)

Mais conteúdo sobre:
chuva em SPalagamentoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.