Chuva diminui e São Paulo deixa o estado de atenção

Enxurrada arrastou carro com passageiros na zona norte e houve pontos de alagamento

estadão.com.br,

29 Novembro 2011 | 16h31

SÃO PAULO - Todos os bairros de São Paulo saíram do estado de atenção para alagamentos no início da noite desta terça-feira, 29. O maior índice pluviométrico foi registrado no Rio Pinheiros, na altura da Ponte Cidade Universitária, com 53,8mm.

As áreas de chuva que atingiram a cidade perderam intensidade. Conforme imagens de radar do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), restam apenas pontos de precipitação leve na região central e em alguns pontos das zonas leste e sul. Na Grande São Paulo, chove moderadamente apenas em Itapecerica da Serra. Segundo informações de moradores, foi observada queda de granizo em Santana às 16h30.

De acordo com os meteorologistas do CGE, a próxima hora segue sem chuvas significativas e muita nebulosidade. Entretanto, ainda há possibilidade de chuva leve à moderada em pontos isolados da Região Metropolitana no início da noite.

Foram registrados ao menos 17 pontos de alagamento em toda a cidade, mas a maioria deles era transitável.

Ocorrências.

O Corpo de Bombeiros registrou pelo menos três ocorrências por causa da chuva. Na Avenida Leôncio de Magalhães, próximo à estação de Metrô Jardim São Paulo, na zona norte, um carro estava sendo levado pela enxurrada com pessoas em seu interior.

Na Avenida Água Fria, também na zona norte, havia uma pessoa ilhada dentro de um carro. Na Rua Roberto Alvarenga, na altura do km 220 da Rodovia Dutra, algumas pessoas ficaram ilhadas e foram atendidas pela Defesa Civil.

Previsão.  Na quarta-feira, 30, o sol aparece entre nuvens e as pancadas de chuva ocorrem ainda de maneira isolada entre o meio da tarde e a noite. 

Na quinta-feira, 1, a passagem de uma frente fria pelo oceano aumenta a instabilidade sobre toda a Grande São Paulo. O sol aparece entre nuvens no período da manhã, mas a partir da tarde há condições para chuva moderada a forte de maneira mais generalizada, com potencial para a formação de alagamentos. Os termômetros oscilam entre a mínima de 19ºC e a máxima de 28ºC.

 

Atualizado às 19h06

Mais conteúdo sobre:
chuvas SP estado de atenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.