Chuva diminui e parte da capital sai do estado de atenção

Previsão é que a chuva se prolongue até o início da noite; cidade registra quatro pontos de alagamento

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

09 Fevereiro 2009 | 17h10

A chuva perdeu força e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) retirou do estado de atenção às 16h25 desta segunda-feira, 9, as zonas oeste e sul de São Paulo e a região da Marginal do Pinheiros. O estado havia sido decretado às 15h22. Às 16h50, ainda chovia moderadamente na Lapa, na zona oeste, e em Perus, na zona norte. Segundo o CGE, a chuva na cidade deve se prolongar até o início da noite.   Veja também: Circulação da linha 7 da CPTM é parcialmente retomada Árvores causam 300 cortes de luz por dia Temporais do fim de semana deixaram 4 mortos  Saiba onde estão os pontos críticos de alagamento  Galeria: confira fotos dos estragos da chuva  Todas as notícias sobre vítimas das chuvas  Saiba quais cuidados tomar para evitar danos em enchentes  Ouça recomendações do CGE em caso de enchente         A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou quatro pontos de alagamento, sendo dois deles na Avenida das Nações Unidas, no sentido da Rodovia Castelo Branco. O Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, funciona normalmente. O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, operava por instrumentos desde as 15 horas, mas os voos não foram prejudicados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.