Chuva deixa São Paulo em estado de atenção

CGE decreta atenção em todas as regiões da cidade; seis pontos de alagamentos são registrados

Amanda Valeri, da Agência Estado, e Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

23 de julho de 2007 | 15h32

A chuva que atingiu a cidade de São Paulo por toda a manhã desta segunda-feira, 23, obrigou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) a decretar estado de atenção em todas as regiões da cidade, desde as 14h15, quando seis pontos de alagamentos, todos transitáveis, foram registrados.   Às 14h15, voltou a chover forte em São Paulo, atingindo as regiões norte, centro-oeste, oeste, leste e parte da sul. Segundo o CGE, com essas pancadas de chuvas, novos pontos de alagamentos deverão surgir.   A marginal do Tietê registrou três pontos de alagamento por volta das 16 horas. Os pontos de excesso de água, mas transitáveis, estavam nas pontes da Vila Guilherme, um em cada sentido da via, e outro próximo à ponte do Limão.   Não há previsão de que o tempo melhore nesta segunda, e deve chover forte novamente na madrugada.   Outros três pontos foram registrados pelo CGE, também transitáveis, na Avenida Cidade Jardim, sentido centro, na altura da Rua Brigadeiro Haroldo Veloso; na avenida Paulista e no cruzamento da Avenida Almirante Delamare com a Avenida Michel Saliba.   Segundo informações do CGE, neste momento a chuva que cai na capital paulista é considera moderada e a instituição está em estado de atenção desde às 12h20.   Matéria ampliada às 15h58

Tudo o que sabemos sobre:
Chuvatrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.