Serjão Carvalho/Estadão
Serjão Carvalho/Estadão

Chuva forte em SP causa alagamentos e deixa pontos intransitáveis

Segundo CGE, podem ocorrer pontos de maior intensidade com raios e rajadas de vento

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2019 | 15h58
Atualizado 16 de dezembro de 2019 | 13h00

 A chuva que atinge a cidade de São Paulo na tarde deste sábado, 14, deixou a cidade em estado de atenção para alagamentos e causou dois pontos intransitáveis nas zonas norte e centro da capital paulista.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE), os  pontos intransitáveis são: Marginal do Tietê sentido Rodovia Ayrton Senna, na altura da Ponte das Bandeiras, no centro, e a Avenida Edu Chaves em ambos os sentidos, na altura da Avenida Sanatório, zona norte.

Os pontos de alagamentos transitáveis são: Rua Newton Prado próximo da Rua Barra do Tibaji, no Bom Retiro, centro, e Avenida das Nações Unidas, sentido Rodovia Castelo Branco, na altura da Rua Olívia Feder em Pinheiros, na zona oeste.

Segundo o CGE, a propagação de áreas de instabilidades favoreceram o retorno das chuvas na forma de pancadas isoladas. Podem ocorrer pontos de maior intensidade com raios e rajadas de vento, o que em conjunto com o solo que já se encontra úmido pelas precipitações dos últimos dias, mantém elevado o potencial para formação de alagamentos, queda de árvores e deslizamentos de terra nas áreas de risco.

A zona norte e a Marginal do Tietê entraram às 14h32 em estado de atenção para alagamentos. Já as zonas oeste, leste, centro e Marginal do Pinheiros registraram o novo estado às 15h14. Às 16h07, a zona sul também entrou em estado de atenção para alagamento.

Previsão para os próximos dias

O domingo, 15, deve apresentar sol entre nuvens e temperaturas em elevação no decorrer do dia. Os termômetros variam entre mínimas de 19ºC e máximas que podem chegar aos 30ºC. No final da tarde a nebulosidade aumenta e há condições para chuvas na forma de pancadas na Grande São Paulo.

Na segunda-feira, 16, o sol predomina e favorece a rápida elevação das temperaturas. As mínimas oscilam em torno dos 20°C, enquanto as máximas podem superar os 32°C. O calor e a chegada da brisa marítima devem provocar pancadas de chuva entre o final da tarde e o início da noite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.