Prefeitura de Ubatuba/Divulgação
Prefeitura de Ubatuba/Divulgação

Chuva deixa 34 desabrigados e interdita rodovia Rio-Santos em Ubatuba

Ruas da cidade ficaram alagadas e uma casa foi destruída pelo temporal, mas ninguém se feriu

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2022 | 10h49

SOROCABA - As chuvas intensas que atingiram o litoral note de São Paulo entre a tarde de quinta-feira, 31, e a madrugada desta sexta, 1º, deixaram ao menos 34 pessoas desabrigadas e causaram a interdição da rodovia Rio-Santos (SP-55), em Ubatuba. Na cidade, ruas ficaram alagadas e uma casa foi destruída por um deslizamento, mas ninguém se feriu. Na manhã desta sexta, equipes da Defesa Civil ainda socorriam famílias que ficaram ilhadas.

A rodovia SP-55 que interliga as praias da região e dá acesso ao Rio de Janeiro sofreu deslizamentos e quedas de barreira. A pista continua bloqueada em três pontos: no km 61, na altura da Praia do Lamberto, no km 35, altura da Praia de Itamambuca, e no km 7, região da Picinguaba/Camburi. Nesse ponto, houve um deslizamento de uma rocha com mais de 40 toneladas sobre a pista, impedindo a passagem dos veículos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) decidiu manter a rodovia interditada e acionou o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de São Paulo.  Conforme a prefeitura de Ubatuba, as chuvas começaram na tarde de quinta e se intensificaram durante a madrugada, persistindo na manhã desta sexta. O último balanço apontava 11 famílias, com um um total de 34 pessoas, abrigadas na Escola Municipal Anchieta, que suspendeu às aulas para dar suporte aos flagelados.

As chuvas, que já acumulam mais de 300 milímetros, segundo a Defesa Civil, causaram estragos também na área urbana. No bairro Bela Vista, uma casa foi atingida por um deslizamento de terra e lama, mas os moradores não se feriram. Várias ruas e avenida amanheceram alagadas. Em algumas áreas, moradores foram removidos com o uso de barcos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.