Chuva dá trégua e toda a capital paulista sai do estado de atenção

Por causa da forte chuva, às 19h40, praticamente toda a cidade, com exceção da zona norte, entraram em estado de atenção

EFE

25 Dezembro 2008 | 01h26

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) retirou todas as regiões da capital paulista do estado de atenção, às 0h45 desta quinta-feira. Neste horário, não havia mais pontos de alagamentos significantes segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) na cidade.   Por causa da forte chuva, às 19h40, praticamente toda a cidade, com exceção da zona norte, entraram em estado de atenção. No início desta madrugada, apenas a zona sul e a Marginal do Pinheiros ainda eram atingidas pela forte chuva. Por volta das 23h de quarta-feira, eram seis os pontos de alagamento, todos na zona sul e nenhum transitável.   P l u v i o m e t r i a - Segundo o CGE, os índices pluviométricos mais importantes foram registrados em seis pontos: Campo Limpo (zona sul) 55,9mm; Ribeirão dos Couros (divisa com São Bernardo do Campo) 56 mm; Córrego Oratório (zona leste) 45,6 mm; bairro Prosperidade (São Caetano do Sul) 44,8 mm; rio Aricanduva (próximo ao Shopping, zona leste) 26,4 mm e rio Aricanduva 19,1 mm.   G r a n i z o - Por volta das 20h35, a Estação Meteorológica do Aeroporto de Congonhas, na zona sul, registrou chuva forte acompanhada de queda de granizo. No mesmo horário, rajadas de até 54 km/h foram registradas pela estação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.