Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Em apenas 6 dias, SP supera volume de chuvas esperado para o mês

Toda a cidade entrou em estado de atenção para alagamentos na manhã desta terça-feira

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2017 | 08h31
Atualizado 06 de junho de 2017 | 11h12

SÃO PAULO - A chuva que atinge São Paulo desde o início desta terça-feira, 6, colocou toda a capital paulista em estado de atenção para alagamentos durante a manhã e fez, em apenas seis dias, a cidade atingir o volume de precipitação esperado para todo mês de junho.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), até as 7 horas desta terça-feira, choveu 51,9 milímetros - a média histórica do mês é de 51 mm.

Às 7h50, a cidade entrou em estado de atenção para alagamentos. 

O CGE registrou três pontos de alagamento intransitáveis durante a manhã, dois deles na zona leste: na altura do número 262 da Avenida Águia de Haia, em Itaquera; e na Avenida Mercúrio, na Mooca, próximo à Avenida do Estado. O outro ponto foi na Ponte João Dias, sobre a Marginal do Pinheiros, em Santo Amaro, na zona sul.

Ainda segundo o CGE, em função das chuvas e do tempo fechado, a temperatura máxima não supera 24ºC nesta terça-feira, enquanto as menores taxas de umidade do ar se mantêm acima dos 60%.

"O deslocamento rápido no sentido de oeste para leste deve atingir todas as regiões da RMSP (região metropolitana de São Paulo)", informou o órgão. "O solo encharcado pelas chuvas ocorridas desde a manhã de ontem (segunda-feira, 5) aumenta o potencial para formação de alagamentos e escorregamentos em áreas de risco." 

Previsão

Segundo o CGE, a quarta-feira, 7, será marcada por chuvas isoladas e rápidas durante a madrugada, que diminuem ao longo do dia. A previsão é de temperatura mínima de 17ºC e máxima de 26ºC. Já as taxas de umidade do ar declinam um pouco mais, e os menores valores devem ficar próximos dos 50%.

Na quinta-feira, 8, o dia começa com sol entre poucas nuvens e termômetros em torno de 18ºC ao amanhecer e 27ºC durante a tarde.

Mais conteúdo sobre:
São PauloSÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.