Chuva causa inundações e destrói casa em Itapetininga

Uma creche municipal foi alagada e o desfile comemorativo dos 244 anos da cidade teve de ser cancelado por causa da chuva

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

05 de novembro de 2014 | 19h59

SOROCABA - Chuvas intensas destruíram uma casa e deixaram outras tomadas pelas águas, entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira, 5, em Itapetininga, região de Sorocaba. O temporal causou forte enxurrada em ruas da Vila Paulo Ayres. A força da água derrubou uma parede e o muro de uma casa, mas os três moradores conseguiram sair a tempo. O imóvel foi interditado pela Defesa Civil. Duas casas vizinhas passarão por perícia e podem ser interditadas.

No Jardim Bela Vista, árvores caíram e várias casas ficaram alagadas. Moradores subiram em móveis para escapar das águas. Um carro foi arrastado pela enxurrada. Na Vila Mazzei, uma creche municipal foi alagada e só volta a funcionar segunda-feira. No Jardim Fogaça, uma cratera se abriu na ponte do Ribeirão do Chá. O local foi interditado para a passagem de veículos.

Na região central, o desfile comemorativo dos 244 anos de fundação da cidade, que seria realizado na manhã desta quarta-feira, foi cancelado por causa da chuva. Houve danos na arquibancada montada para o evento.

Em Tatuí, na mesma região, a chuva forte alagou o terminal rodoviário, atingindo as plataformas de embarque de passageiros. O serviço foi retomado depois que as águas baixaram. A queda de uma barreira interditou o acesso ao Bairro Pederneiras.

Tudo o que sabemos sobre:
ItapetiningaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.