Chuva causa acidentes e problemas em semáforos na capital paulista

CET registrava pelo menos 48 quilômetros de vias congestionadas às 7h20

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

23 Outubro 2012 | 05h20

Atualizado às 7h20

 

SÃO PAULO - A chuva que atinge vários pontos da capital paulista provoca problemas nos semáforos e acidentes, prejudicando ainda mais o trânsito em algumas vias da cidade.

 

Pelo menos 17 semáforos estavam desligados ou no amarelo piscante em importantes vias, com Avenida Eliseu de Almeida, no Butantã, zona oeste; Avenida dos Bandeirantes, em Moema, na zona sul; Estrada do M' Boi Mirim, região de Santo Amaro, zona sul; avenidas Paulista e Rio Branco, região central; Avenida Guilherme Cotching, na zona norte, avenidas Brigadeiro Faria Lima e Nações Unidas, na zona sul, entre outras.

 

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou, até as 7h, acidentes na Avenida General Ataliba Leonel, na zona norte, na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, na zona oeste, na Estrada de Itapecerica e na Avenida dos Bandeirantes, ambas na zona sul, e na pista local da Marginal do Tietê próximo à Ponte da Freguesia, na zona norte.

 

Às 7 horas eram registrados pela CET pelo menos 48 quilômetros de vias congestionadas na capital. Quase 70% deste montante apenas nas zonas sul e oeste da cidade. Os maiores trechos de congestionamento eram registrados nas marginais do Pinheiros e Tietê e na Radial Leste.

 

Em razão da chuva de intensidade moderada e até forte em alguns pontos, a zona sul da capital paulista e a Marginal do Pinheiros ficaram em estado de atenção entre as 4h25 às 5h30 desta manha de terça-feira, 23, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) da Prefeitura.

 

Segundo ainda o CGE, a chuva é consequência de uma área de instabilidade vinda do interior do Estado. De acordo com as imagens de radar meteorológico, chove também nos municípios de Cotia, Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra e Juquitiba, a Região Metropolitana.

 

A velocidade do deslocamento da área de instabilidade é alta e nas próximas horas a chuva deve atingir a região do Vale do Paraíba e o litoral sul. Até as 5h30, o CGE não havia registrado pontos de alagamento intransitáveis na capital, onde a chuva deve permanecer durante toda a manhã. A chuva amenizou o tempo abafado da madrugada. Os termômetros das estações meteorológicas automáticas do CGE registravam às 5h30 uma temperatura média de 19°C.

 

Previsão. Nos próximos dias o tempo ficará instável na Grande São Paulo e na capital. A formação de uma área de baixa pressão no sul do país se intensifica e dará origem a uma frente fria que deve chegar no litoral paulista entre a noite desta terça-feira, 23, e a quarta-feira, 24. Há probabilidade de chuvas com maior intensidade nos próximos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.