JESSICA AQUINO
JESSICA AQUINO

Chuva antecipa volta; tráfego será intenso nesta terça

Turistas que estão no litoral desistem de esperar o sol; estradas devem ter lentidão também nesta quarta; na Rio-Santos, trechos feitos em 15 minutos eram percorridos em até 3 horas

José Maria Tomazela e Reginaldo Pupo, O Estado de S. Paulo

17 Fevereiro 2015 | 03h00

SÃO SEBASTIÃO - Pelo menos 2,5 milhões de veículos vão retornar para a capital e a Grande São Paulo entre esta terça-feira, 17, último dia de carnaval, e quarta-feira, 18, Quarta-feira de Cinzas. A previsão das concessionárias e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) é de tráfego intenso. A chuva forte no litoral antecipou a volta de turistas.

“Litoral é sinônimo de sol e praia. Queríamos aproveitar o feriado para curtir o mar, mas não para de chover”, disse a nutricionista Patrícia Oliveira Tynet, de 31 anos, que saiu de Bragança Paulista para passar o carnaval na Praia de Camburi, em São Sebastião. “Acabamos de fechar a conta na pousada e vamos para São Luiz do Paraitinga ou Campos do Jordão”, disse Lorraine Munhoz, de 29 anos.


Um grupo de turistas de Osvaldo Cruz, no interior de São Paulo, também desistiu da praia. “Ficamos ‘mofando’ na casa que alugamos desde sexta-feira. A previsão é de que vai continuar a chover, então, decidimos voltar”, disse o artista plástico Vicente Mogani, de 33 anos, que estava em Caraguatatuba. 

As concessionárias que administram as rodovias no litoral norte já previam tráfego intenso a partir da noite de ontem. O tráfego era pesado na Rodovia Rio-Santos, única via que liga Bertioga, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba.

As chuvas causaram a interdição da Rio-Santos na região do bairro Portal da Olaria, em São Sebastião, nos dois sentidos. Houve registro de queda de diversas barreiras. Trechos que são feitos em 15 minutos eram percorridos em três horas. 

“Viemos para o litoral pensando em curtir o carnaval e fugir do trânsito da capital, mas acabamos enfrentando exatamente o mesmo problema por aqui”, disse o arquiteto Fernando Katayama, de 36 anos, que passa o feriado em Maresias, São Sebastião, com a família.

Lentidão. Nesta terça, no retorno pela Tamoios, haverá faixa reversível na serra. A mesma providência será tomada pela Polícia Rodoviária Federal na Régis Bittencourt, no trecho da Serra do Cafezal, entre Miracatu e Juquitiba. Na maioria das estradas, o trânsito fica mais intenso à tarde. A volta do litoral, porém, deve ter estrada cheia o dia todo. 

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, faz a operação subida, com as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta no sentido capital, a partir das 8h desta terça. A operação pode ser estendida até as 21h de amanhã. Trechos em obras na Dutra e na Castelo Branco exigem atenção. A Polícia Rodoviária Estadual deve manter 3,8 mil homens e 810 viaturas nas estradas. 

Acidente. Cinco pessoas morreram em um acidente entre dois veículos que bateram de frente e pegaram fogo, na noite desta segunda, na rodovia que liga Cássia, em Minas, a Franca, no interior paulista. 

Das vítimas, quatro são de uma mesma família de Franca: Gabriel Otávio Ferreira, de 41 anos, a mulher, Cleusa de Souza Santos, de 49, e as filhas Bruna de Souza Ferreira, de 13, e Beatriz de Souza Ferreira, de 15. A outra vítima é Euclides Faustino da Silva, de 44 anos, que morava em Pratápolis, em Minas Gerais.

Segundo a Polícia Rodoviária, a família estava em um Voyage que teria sido atingido na lateral pelo Palio. / COLABOROU RENE MOREIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO

Mais conteúdo sobre:
São Paulotrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.