Chuva alaga 10 trechos da Régis Bittencourt em São Paulo

Um dos trechos era instransitável por causa da lâmina d'água, o que provocava engarrafamento na pista

Fábio M. Michel, estadao.com.br

16 Fevereiro 2009 | 20h37

A concessionária Autopista Régis Bittencourt informa que as chuvas que caíram sobre parte da região metropolitana de São Paulo no fim da tarde e início da noite desta segunda-feira, 16, provocou 10 pontos de alagamentos - sendo um intransitável - entre os municípios de Taboão da Serra, Embu e Itapecerica da Serra, todos ao sul da capital.   Veja também: Trânsito nas rodovias do DER  Trânsito nas rodovias da Dersa  Trânsito na Anchieta e Imigrantes  Trânsito na Dutra  Trânsito na Anhangüera e Bandeirantes  Trânsito na Castelo Branco e Raposo Tavares    O alagamento intransitável estava no km 279, sentido Curitiba, o que provocava congestionamento por 2 km, devido ao bloqueio da pista. Os demais trechos de alagamento na rodovia estavam nos km 273, 278, 283 e 287 (em dois pontos), no sentido São Paulo; km 274 (em dois pontos), no sentido Curitiba; e km 276, nos dois sentidos.   Segundo a Autopista, os motoristas que seguem no sentido São Paulo já encontram dificuldade no trânsito a partir do km 286. Para os que seguem para o sentido Curitiba, o tráfego começa a apresentar problemas no km 274. Conforme a concessionária, no último fim de semana foram feitas limpezas nas canaletas, galerias e cursos d'água para ajudar a amenizar problemas de alagamentos na pista, nos km 273, 283 e 288, em ambos os sentidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.