Churrascaria do Brooklin servia carne vencida aos fregueses

Foram apreendidos cerca de 180 quilos de alimentos sem identificação e sem data de validade

07 de fevereiro de 2012 | 10h11

Cerca de 180 quilos de alimentos impróprios para consumo foram apreendidos na manhã desta segunda-feira, 6, em uma churrascaria no bairro do Brooklin, na zona sul de São Paulo.

 

Peças de carnes congeladas vencidas estavam juntas a outras de queijos de vários tipos, carne suína e peixe, todos sem identificação, data de fabricação e validade. O gerente do restaurante, L.F.P., de 37 anos, reconheceu a impropriedade dos produtos oferecidos ao consumo e foi autuado em flagrante.

 

A polícia também flagrou outra ocorrência de venda de produtos impróprios em um comércio da Vila Gustavo, na zona norte.

 

Durante a vistoria, foram localizados no freezer e em paletes produtos também vencidos e sem procedência, sendo 50 quilos de xarope de glicose de milho e bandeja com doce de feijão branco japonês sem as devidas informações obrigatórias. O empresário G.S.Y., de 53 anos, irá responder pelo crime contra as relações de consumo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.