Cheia atinge tanto locais urbanizados quanto várzeas

Apesar de próximos, os locais submersos são bem diferentes entre si. Enquanto há áreas bem urbanizadas, com asfalto e casas de médio padrão como na Vila Itaim, outras ainda têm ruas de terra e ficam quase no mesmo nível que o rio, como o Jardim Pantanal. Há ainda bairros como Vila Aimoré, localizados nas margens de córregos que também estão acima do nível normal.

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2011 | 00h00

No Jardim Pantanal, a chuva forte chegou a destruir telhados e até imóveis inteiros. Foi o que aconteceu com a casa do pedreiro José Carlos Aprijo Guimarães, de 54 anos. "Minha casa está toda destruída, não tem nem como voltar. Não sei o que fazer com a minha família." Ele, a mulher e os oito filhos estão dormindo em um CEU na Chácara Três Meninas, com outras dezenas de atingidos pelas águas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.