Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Chef de cozinha é morto por ladrões na zona sul de SP

Suíço voltava para casa de moto quando foi abordado em cruzamento na região de Interlagos

estadão.com.br

11 Julho 2011 | 09h34

SÃO PAULO - O chef de cozinha suíço Nicolas Friedrich Hans Dornaus, de 40 anos, foi morto na madrugada desta segunda-feira, 11, após ser abordado por bandidos no cruzamento das Avenidas Rio Bonito e Antônio Barbosa da Silva Sandoval, na região de Interlagos, zona sul da capital. 

 

Ele voltava para casa de moto quando foi baleado nas costas. Nicolas chegou a ser atendido no Pronto-Socorro Regional Sul, mas não resistiu. A polícia acredita que o chef tentava fugir de um assalto. Ainda não se sabe se ele teria reagido.

 

A vítima era chef do restaurante do Grand Hyatt São Paulo, hotel de alto padrão, localizado também na zona sul da cidade. Segundo nota divulgada pelo Grand Hyatt, ele estava de folga no domingo.

 

Na cozinha do hotel, Nicolas ocupava a função de "chef de partie" (segundo na hierarquia, após o chef principal). Ele morava no Brasil desde 1975.

 

Texto atualizado às 15h.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.