Check-in foi mantido e a espera na sala chegou a 3 horas

No Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, o check-in de passageiros da Webjet que iriam para o Rio às 14h45 foi feito normalmente. Só depois que eles estavam na sala de embarque foram informados do atraso do voo, que saiu às 17h50.

Ana Bizzotto e Talita Figueiredo, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2010 | 00h00

Aos gritos, o empresário Marcelo Zuiani, de 31 anos, exigia respeito de funcionários da companhia no check-in, após ter esperado na sala de embarque por esse voo. "Ninguém vai me intimidar, quero voar", gritava ele, que acabou realocado num voo marcado para hoje, pela TAM.

Já a assistente social Silvia Martins, de 46 anos, desistiu da viagem e resolveu ir de ônibus para o Rio, após esperar uma hora pela mala despachada. "Sei que sairá na hora e não vai cair." Até as 19 horas, sete reclamações contra a Webjet haviam sido registradas nos Juizados Especiais de Congonhas e Guarulhos.

Rio. No Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, passageiros estavam enfurecidos com a falta de informações. "Disseram que não há comandante para pilotar a aeronave e, por isso, não tínhamos previsão de embarque. De um lado, a gente fica irritado por perder o voo e o trabalho; de outro, ficamos preocupados se vamos voar com o piloto descansado e apto a nos levar seguros", resumiu a professora catarinense Inês Gerber, de 56 anos, que deveria embarcar para Curitiba (PR) às 13 horas e às 16 horas ainda aguardava notícias do voo. Ela aproveitou o tempo para registrar uma queixa no Juizado Especial.

O advogado Daniel Caetano, de 34 anos, também estava aborrecido. Ele deveria ter chegado de Porto Alegre às 8h30, mas teve de ser transferido para um voo de outra companhia, que fez conexão em São Paulo e desembarcou no Santos Dumont às 14 horas. "Vou perder o dia todo de trabalho." A forte chuva que caiu no Rio ainda agravou a situação. O aeroporto ficou fechado para pousos e decolagens por 1h30 e voos de outras companhias também atrasaram ou foram transferidos para o Tom Jobim. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.