Chacina deixa três mortos e um ferido em Guarulhos

Pelo menos 15 tiros foram dados, segundo a polícia. Caso é investigado pelo DHPP

Tiago Dantas,

14 de abril de 2013 | 19h17

Uma chacina deixou três pessoas mortas e uma ferida em Guarulhos, Grande São Paulo, na noite deste sábado, dia 14. Os atiradores estavam em um Chevrolet Meriva preto, segundo testemunhas. Ninguém foi preso.

Por volta das 22h40, cinco pessoas estavam conversando na Rua Roberto Militão dos Santos, no Jardim Fortaleza, quando foram abordados por um dos ocupantes do Meriva. O homem teria dito que era policial.

Dois adolescentes fugiram correndo porque, segundo eles, estavam fumando maconha. Outras três pessoas desceram do carro e começaram a atirar. A perícia recolheu 15 cápsulas deflagradas na cena do crime.

Robson de Moura Santos, de 20 anos, André Kenidin Santos Vieira, de 18, e Clayton Paulino foram encontrados mortos com marcas de tiro na cabeça. Um adolescente, não identificado, foi localizado em uma rua próxima com diversos ferimentos pelo corpo. Ele foi levado a um hospital da região.

A outra testemunha conseguiu escapar do ataque. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
chacinaguarulhospolicia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.