Cetesb atesta dispersão de gás metano e shopping Center Norte reabre hoje

Após dois dias fechado por determinação da Prefeitura, o shopping Center Norte reabre hoje. A decisão de acabar com a interdição ocorreu depois de técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) atestarem o funcionamento de um sistema de 11 drenos do gás metano existente no subsolo. Também foi suspensa a multa diária de R$ 17.450, imposta desde o dia 19.

FELIPE FRAZÃO, RODRIGO BRANCATELLI, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2011 | 03h01

O Lar Center e o supermercado Carrefour, que estavam igualmente lacrados, também vão funcionar normalmente hoje. "O perigo iminente (de explosão) acabou sendo dissipado", garantiu o secretário estadual de Meio Ambiente, Bruno Covas, que vistoriou o shopping na tarde de ontem com o prefeito Gilberto Kassab (PSD). Por meio de nota, a Prefeitura se limitou a afirmar que analisou os dados da Cetesb para "revogar a suspensão das atividades" do Center Norte.

A Cetesb nunca afirmou que o shopping tinha risco iminente de explosão, mas sim um risco "potencial". Este risco, segundo o órgão, ainda existe. No entanto, a Cetesb considerou que o shopping está fazendo o trabalho necessário para minimizar o problema. "Foi atendida exigência feita pela agência para a instalação de um sistema emergencial de drenos", afirmou o órgão estadual, ligado à Secretaria do Meio Ambiente.

Em medições realizadas anteontem e ontem, técnicos da Cetesb constataram que não há mais vazamento de metano em 25 dos 27 postos de monitoramento. A agência, no entanto, explicou que ainda serão necessários mais testes para confirmar a eficiência dos drenos. A Cetesb também reafirmou que o Center Norte ainda precisa complementar as investigações sobre a existência de metano em outras áreas do shopping, do Lar Center e do Carrefour.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.