CET poderá fiscalizarCidade Universitária

Segundo o secretário municipal dos Transportes e presidente da companhia Jilmar Tatto, convênio para fiscalização pode ser feito

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

17 de outubro de 2014 | 22h13

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da Prefeitura de São Paulo, poderá fazer a fiscalização das faixas exclusivas de ônibus dentro da Cidade Universitária. A informação é do secretário municipal dos Transportes e presidente da companhia, Jilmar Tatto.

“Podemos fazer convênio com a Universidade de São Paulo para que a CET faça a fiscalização. Não há dificuldade nenhuma em relação a isso. E mesmo em relação à faixa exclusiva, a CET está conversando para ajudar na implementação.”

Mas a USP ainda não confirma a entrada dos marronzinhos para fazer a fiscalização dentro do câmpus. Em nota, a prefeitura da Cidade Universitária informa que a fiscalização da obediência dos carros à faixa exclusiva de ônibus será feita pela própria universidade.

Além disso, o órgão divulgou que “a USP e a Secretaria Municipal dos Transportes estudam formas de incluir ações da CET no escopo de um convênio” para a presença de agentes de fiscalização na Cidade Universitária.

O secretário, que faz mestrado sobre cidades inteligentes na Escola Politécnica, diz que usa algumas vezes por semana o transporte público para ir à USP. Tatto afirma também que a CET poderá fornecer sua expertise em ciclovias para realizar os traçados dentro da Cidade Universitária. “Acho muito agradável andar nas ciclovias da cidade. Dentro da USP também. Eu adoraria, se tivesse (ciclovia). Até porque, no futuro, faremos a travessia da Ponte Cidade Universitária. Existe uma rede de ciclovias em curso e não faz sentido a USP não ter.” / C.V. 

Tudo o que sabemos sobre:
CicloviaUSPSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.