CET fará consulta ao Denatran sobre distância mínima de 1,5 m

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai enviar ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) carta questionando qual a forma mais adequada de fiscalizar o cumprimento do artigo 201 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A lei enquadra como infração média (multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira) o desrespeito à distância de pelo menos 1,5 metro do veículo em relação à bicicleta.

O Estado de S.Paulo

28 Abril 2012 | 03h04

O órgão de trânsito paulistano quer saber qual equipamento pode ser usado para a medição. No caso de não haver um aparelho específico, a CET pergunta ao Denatran sobre "outros meios" apropriados de se executar a fiscalização dessa infração.

Para a CET, a medição exata dessa distância no trânsito é muito difícil e, caso seja feita sem a técnica adequada pelos agentes de trânsito, poderá ser facilmente contestada e derrubada pelos motoristas infratores. Segundo apuração da reportagem, essa solicitação deve ser encaminhada na próxima semana a Brasília.

Diversos cicloativistas da capital têm cobrado da CET a fiscalização do artigo 201 do CTB. Em março, integrantes do coletivo Cicloliga chegaram a produzir e publicar na internet um vídeo para protestar contra a falta de multas aos condutores que não respeitam essa norma. Intitulado Um Metro e Meio: a Distância que Aproxima, o material já havia sido visto até ontem por 4,3 mil pessoas. / C.V.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.