Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Cerca de 250 aguardam o início da Marcha da Maconha na Paulista, segundo PM

Ano passado, 5 mil pessoas participaram da marcha; a expectativa é que número deste ano seja maior

Gheisa Lessa - Central de Notícias,

19 de maio de 2012 | 14h01

São Paulo, 19 - Prevista para acontecer a partir das 13h, a Marcha da Maconha ainda não tinha começado às 13h50 deste sábado, 19, no vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp). De acordo com o porta-voz da Polícia Militar, que está no local, o capitão Genivaldo Antônio, cerca de 250 pessoas aguardam o início do protesto.

Com tambores e um cartaz, informa o policial militar que acompanha a manifestação, os integrantes da Marcha da Maconha começaram a se reunir na Avenida Paulista, por volta das 13h.

Segundo informações do capitão Genivaldo Antônio, a situação está tranquila e a Polícia Militar espera que continue assim até o final do protesto.

O tema da Marcha da Maconha deste ano é "Basta de guerra: por outra política de drogas". Durante a marcha, segundo os organizadores do evento, serão distribuídos 7 mil cartilhas, 10 mil adesivos e 1 mil buttons. Neste ano, os organizadores conseguiram um financiamento de forma diferenciada: arrecadaram R$ 15 mil via internet.

Segundo uma das organizadoras do movimento, a jornalista Gabriela Moncau, de 22 anos, no ano passado cerca de 5 mil pessoas participaram da marcha. A expectativa é de que mais pessoas compareçam neste ano. "Agora que o STF liberou a manifestação no País, talvez as pessoas fiquem mais tranquilas para comparecer."

Tudo o que sabemos sobre:
marcha da maconhaavenidapaulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.