Cerca de 20 pessoas são feitas reféns em Indaiatuba

Uma pessoa fugiu e avisou polícia; os assaltantes não tiveram tempo de levar dinheiro da loja

TATIANA FÁVARO, Agência Estado

31 de julho de 2008 | 17h35

Ao menos 20 pessoas foram feitas reféns por um grupo de assaltantes em uma loja de materiais elétricos em Indaiatuba, a 102 quilômetros de São Paulo, na noite de quarta-feira, 30. Segundo informou a Polícia Civil, quatro homens armados invadiram a loja e roubaram objetos pessoais (relógios, dinheiro, celulares) das vítimas. Uma pessoa conseguiu fugir e avisar polícia. Os assaltantes não tiveram tempo de levar dinheiro da loja, cercada por policiais.  Os suspeitos usaram os reféns como proteção e, enquanto disparavam as armas para o alto, fugiram do local do assalto. Quatro vítimas foram levadas pelos assaltantes em um carro da Polícia Militar, onde estava também uma metralhadora. De acordo com a polícia, os reféns foram libertados a poucos metros, após o grupo deixar a loja. Até a tarde desta quinta-feira, nenhum suspeito havia sido capturado.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciacampinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.