Divulgação
Divulgação

Cerca de 2 milhões de pessoas devem comparecer no show da virada em SP

Réveillon na Paulista terá como tema a comemoração dos 120 anos da avenida mais famosa da cidade

estadão.com.br,

15 Dezembro 2011 | 14h34

SÃO PAULO - O 15º Réveillon na Paulista terá como tema a comemoração dos 120 anos da avenida mais famosa da cidade. A festa que começa às 20h do dia 31 de dezembro e segue até as 2h30 do primeiro dia do ano deverá receber 2 milhões de pessoas. O evento é organizado pela Prefeitura de São Paulo, por meio da São Paulo Turismo (SPTuris), e conta com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura.

Participarão do show da virada as bandas Restart, Ultrage a Rigor, Roberta Miranda, Rio Negro e Solimões, Jota Quest, KLB e a bateria da Vai-Vai, campeã do carnaval paulistano deste ano.

Haverá ainda a apresentação do maestro João Carlos Martins, que irá reger a Orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP. O grupo tocará o hino nacional com um arranjo que reunirá diversos instrumentos que representam os ritmos regionais brasileiros.

O palco do show da virada de ano terá 1.000 m², 20% maior do que o ano passado. Torres gigantes de LED formarão um skyline na Paulista e os fogos de artifício serão dispostos em dois prédios da avenida para formar um túnel de luzes. Serão 15 minutos de show pirotécnico com sete mil bombas coloridas e cinco milhões de confetes.

SEGURANÇA

Para garantir a segurança do público, cerca de 2.900 profissionais da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana (GCM), agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e seguranças particulares serão mobilizados. Eles contarão com o apoio de viaturas, motocicletas, bases comunitárias, além de câmeras instaladas em pontos estratégicos da avenida.

Mais conteúdo sobre:
Paulista réveillon

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.