Cerca de 16 mil são prejudicados com paralisação da Linha 4-Amarela do metrô

Seis estações da linha ficaram fechadas

estadão.com.br,

29 de fevereiro de 2012 | 08h58

Atualizado às 10h33

SÃO PAULO-  Ao menos dezesseis mil usuários da Linha 4-Amarela do metrô foram prejudicados na manhã desta quarta-feira, 29, por conta de uma falha elétrica na região de Faria Lima, que ocorreu por volta das 8h20 de hoje. Segundo a ViaQuatro, concessionária que opera a Linha 4 - Amarela, a operação interrompida nas seis estações da linha foi completamente restabelecida às 9h.

 

O sistema elétrico, de acordo com a ViaQuatro foi restabelecido por volta de 8h25, mas a circulação de trens não pode ser retomada porque usuários que estavam dentro de um trem parado na via, próximo à estação Faria Lima, acionaram o sistema de segurança e as portas de emergência do trem se abriram.

 

Os usuários desceram na via e tiveram de ser reconduzidos ao trem pelos agentes da concessionária e foram desembarcados na plataforma de Faria Lima. Por medida de segurança, as estações foram fechadas por volta das 8h40, para evitar o acúmulo de passageiros nas plataformas. Às 8h45, o trecho entre as estações Paulista e Luz entrou em operação parcial, inclusive com a abertura das estações.

 

Após varredura para verificar se a via estava completamente livre da presença de usuários, o serviço completo foi restabelecido e abertas as demais estações. Segundo a empresa, não houve necessidade de acionar a operação Plano de Apoio Entre Empresas Frente a Situações de Emergência (Paese), que coloca ônibus em circulação no trecho afetado. Os bilhetes foram devolvidos a todos os usuários que optaram por outros meios de locomoção.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Linha4-amarelametrô

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.