Cerca de 1.200 mulheres fazem caminhada na Anhanguera

Ato começou em Campinas e deve ir até o dia 18; marcha luta contra injustiças que causam violência e pobreza

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

10 Março 2010 | 09h03

Cerca de 1.200 mulheres realizam na manhã desta quarta-feira, 10, uma caminhada pela Rodovia Anhaguera, em direção à capital paulista, como parte da 3ª Ação Internacional da Marcha Mundial das Mulheres.

 

No Brasil, segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT), um dos organizadores do movimento, a marcha acontecerá entre os dias 8 a 18 de março contra as injustiças que causam violência e pobreza.

 

A caminhada começou na segunda-feira, 8, em Campinas, no interior de São Paulo e finalizará em São Paulo, no dia 18, com ato de encerramento no Estádio do Pacaembu. Serão dez dias de caminhadas com realização de atos e atividades formativas no trajeto.

 

Segundo a concessionária Autoban, o grupo estava ocupando o acostamento da Rodovia Anhanguera na altura do km 81, em Valinhos, no interior de São Paulo, por volta das 8h45 desta quarta.

 

As manifestantes estão sendo escoltadas por equipes em viaturas da Autoban e da Polícia Rodoviária Estadual, para garantir a segurança dos membros da Marcha.

Mais conteúdo sobre:
Anhanguera mulheres Dia da Mulher

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.