Centrais vão para locais mais visíveis, diz SPTuris

As Centrais de Informações Turísticas (CITs) de Cumbica atenderam 8,7 mil pessoas no primeiro semestre - o número representa 34% da demanda das oito centrais pela cidade, em locais como o Mercado Municipal e a Avenida Paulista. As do aeroporto são as únicas que ficam em Guarulhos, fora da capital.

O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2012 | 03h04

A SPTuris diz que o total de funcionários nas centrais varia segundo a demanda e a estrutura da unidade. "É feita uma escala de revezamento, geralmente com 2 a 3 pessoas por dia, que é o caso das CITs do Aeroporto de Guarulhos."

Diz ainda que "em nenhum momento as duas centrais ficam vazias ao mesmo tempo e, quando uma precisa ser fechada, permanece em funcionamento a do terminal com mais voos desembarcando".

Questionada sobre o porquê de as centrais não funcionarem 24 horas, a SPTuris informou que, para a Copa, "está em estudo a ampliação do horário de operação das CITs" em Guarulhos. A SPTuris também promete mudar os locais das CITs de Cumbica ainda neste ano, colocando-as nas saídas do desembarque dos Terminais 1 e 2. / N.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.