Centrais de triagem dizem que não recebem o material

De acordo com a Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), já foram instalados 575 PEVs na cidade, mas os resíduos não estão chegando a pelo menos seis centrais de triagem de material reciclado conveniadas à Prefeitura. "A maior parte do material que vem para cá é coletada por nossos catadores de porta em porta. Nunca fui informada de que a Prefeitura mandaria para nossa central o material retirado destes PEVs", afirmou a presidente da Cooperativa Chico Mendes, em São Mateus, zona leste. O mesmo estaria acontecendo na Cooperativa Vira-Lata, na zona oeste. "O que recebemos são resíduos trazidos pela coleta seletiva. Não são de PEVs", afirmou a cooperada e secretária da cooperativa, Ariane Salgueiro. A Prefeitura garantiu que os resíduos estão sendo levados às cooperativas, mas a quantidade ainda é pequena e cooperados confundem os caminhões das empresas Soma e Inova com os de coleta seletiva. /C.B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.