Celulares terão nº de série incluído no boletim de ocorrência

O secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, ainda determinou que o número de série de celulares seja incluído nos registros de furtos, roubos e perdas desses aparelhos. "A medida facilitará o bloqueio, para evitar uso por receptadores."

O Estado de S.Paulo

24 Maio 2014 | 02h03

Pela primeira vez, a secretaria detalhou a proporção de crimes envolvendo celulares no Estado. Os registros envolvendo furto de celulares passaram de 25,1% do total em janeiro para 26,6% em abril. No mesmo período, o roubo envolvendo celular passou de 57,6% para 58,4%. Para Grella, essas ocorrências estão ligadas à facilidade de comercialização. "E a droga exerce um papel bastante elevado nesses crimes e é um fator que causa violência", disse. "Muitas pessoas que são dependentes precisam de recursos para manter o seu vício."

Agora, a polícia deverá orientar a vítima a fazer o bloqueio do telefone com a concessionária e, caso a polícia o encontre, o dono poderá ser identificado pelo número fornecido no boletim de ocorrência. / L.B.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.