Celular começa a funcionar na Linha 2-Verde do Metrô nesta 6ª

Instalação das antenas de operadoras nas outras linhas será feita, gradativamente, até segundo semestre

Paulo R. Zulino, estadao.com.br

29 de maio de 2008 | 15h48

A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) começará a operar com sinal de telefonia móvel nesta sexta-feira, 30, em algumas estações da Linha 2-Verde. As pioneiras a oferecer esse novo serviço são Paraíso, Chácara Klabin, Imigrantes (trecho de túnel) e Alto do Ipiranga. A Estação Ana Rosa, intermediária entre Paraíso e Chácara Klabin, possibilitará o uso de celulares a partir do próximo dia 19 de junho. A implantação das antenas em túneis e estações será gradativa.  O Metrô espera concluir a instalação nas Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás no segundo semestre. Atualmente, os usuários podem falar ao celular em 28,5 quilômetros do Metrô, que possuem vias e estações em superfície ou são elevadas. O objetivo é estender esse benefício a toda a malha metroviária. As empresas de telefonia terão infra-estrutura única e dividirão o espaço para a instalação dos equipamentos. Quatro operadoras vão explorar o serviço dentro do Metrô - Claro, Tim, Vivo e Nextel - já no próximo dia 30. O contrato firmado entre as empresas e o Metrô corresponde a um período de 10 anos, que poderá ser renovado após avaliação da companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
MetrôcelularSão PauloLinha verde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.